Guia Essencial Pra Escolher Teu Adoçante - Vida Low Carb

Guia Importante Para Escolher Teu Adoçante - Vida Low Carb


Ao aderir a uma dieta low carb, o açúcar é a primeira coisa a ser cortada. Para as pessoas que está acostumado, essa alteração pode ser bem sofrida. Sempre almocei muito em restaurantes de buffet por quilo, daí antes de começar low carb eu pegava qualquer coisa doce todos os dias, mesmo que fosse só um chocolatinho anão, contudo era diariamente. Dava até aquele insatisfatório se não comia sobremesa, parece que ficava faltando alguma coisa.


Era um vício, bem enraizado. Pelo que observo a extenso maioria das pessoas que leva uma dieta habitual, mesmo que esteja tentando comer menos, também possui esse costume de comer doces todos os dias depois de as refeições, especialmente após o almoço. No momento em que comecei, cortei o açúcar inteiramente, comia só algo com adoçante no momento em que a vontade de doce pegava com potência total. No começo foi complicado sim, depois do almoço era automática o desejo de algo açucarado. Porém com o tempo, não agarrar o adocicado pela saída do restaurante passou a ser muito mais fácil.


O acessível caso de você deixar de fazer aquela ação diariamente neste momento vai auxiliando a desapegar do vício. Além do mais, a dieta rica nas gorduras naturais dos alimentos traz muita saciedade e corta naturalmente a desejo de doces. Em low carb você não passa fome e come até a saciedade, o que elimina a possibilidade de você cessar comendo qualquer coisa repleto de açúcar. Só que esse desapego do sabor doce é um método demorado, e com o objetivo de passar de “um docinho todo os dias” para “açúcar só de vez em quando” os adoçantes são uma super mão na roda.


Adoçantes não parecem açúcar. Muita gente me pergunta neste local no blog “quero começar, qual adoçante tem mais amo de açúcar? A dura realidade é que nenhum. Nem sabor, nem textura, nem sequer cheiro. Alguns enganam melhor, contudo a maioria é muito insatisfatório. Tudo vai depender do teu paladar, em vista disso necessita testar pra ver qual cai melhor para você. Adoçantes artificiais não são paleo, no entanto são low carb. Mel e stévia são os únicos adoçantes paleo. O mel não é low carb, em razão de é um tipo de açúcar.


Se você está cortando carbos com o objetivo de perder calorias, o mel claramente não é pra você. Impeça o sabor doce durante a semana. Nós somos seres de hábitos, desse modo habitue-se a evitar o sabor doce, vindo de açúcar ou do adoçante no decorrer da semana. Isso parece restritivo, contudo na verdade é bastante libertador, muda pra melhor a tua conexão com o sabor doce.


As frutas magicamente ficam muito mais doces e saborosas, e no momento em que você come açúcar é uma experiência realmente diferenciada, como consumir o pudim da tua vó no almoço de família. Cadastre-se pra ganhar GRÁTIS um ebook com Dicas e Receitas para um Café da Manhã Low Carb que emagrece e alimenta! Grata por se cadastrar! Ao começar low carb, é uma interessante estratégia aprontar uma sobremesa low carb pra resistir ao fim de semana, que é quando mais estamos expostos às oportunidades de saídas da dieta.


  • Abdominal com rotação
  • “Sempre fui emotiva e chorava muito", lembra mulher que emagreceu 50 kg
  • sete - Farinha de maracujá
  • Suco de Laranja
  • Leguminosas (feijão, grão de bico, lentilha e ervilha)
  • Proveitos da Granola Pra Baixa o Colesterol
  • um pote (100g) de iogurte natural desnatado
  • Quinta-feira: push

Não exagere nas receitas e continue descomplicado. Recomendo a toda a hora uma gelatina sem maltodextrina batida com nata ou creme de leite. Açúcar bem intencionado é açúcar também. Você vai localizar por aí menções de outros tipos de açúcar que são usados com a legal intenção de impedir o açúcar refinado, contudo que são só açúcar com outros nomes. Os que mais são mencionados aqui no website são o açúcar de coco, demerara, mascavo, agave, mel. Nenhum desses é low carb, para emagrecer é cilada. Diminua o emprego de adoçantes ao longo do tempo. Os estudos científicos que existem são controversos e não deixam claro se os adoçantes são mesmo seguros pra consumo no extenso período.


Durante o tempo que ainda não queremos ter absoluta certeza, tente utilizar o adoçante como ferramenta pra auxiliar na transição, busque apequenar o consumo deles progressivamente. Os adoçantes que encontramos no mercado podem ser com uma substância apenas ou com uma mistura de tipos diversos de adoçantes. Comum em refrigerantes light/diet. Ainda que alguns estudos menores com animais tenham relativo o aspartame com o surgimento de câncer, em geral não há evidência definitiva de que o consumo de aspartame prejudique a saúde. Alguns estudos indicam que a sucralose pode causar acrescentamento do nível do açúcar no sangue em várias pessoas, contudo há outros estudos que dizem que em pessoas saudáveis que de imediato consomem sucralose este efeito não existe.


Estudos também mostraram que o consumo de sucralose reduz a diversidade das bactérias no intestino em ratos, entretanto não há estudos realizados em humanos. A grande vantagem da sucralose está no sabor, ela não tem aquele gosto amargo que fica pela boca como a maioria dos adoçantes artificiais. A sucralose é o adoçante que eu emprego e que mais lembra o sabor do açúcar. É o adoçante recomendado pelo Dr Atkins no teu livro A Dieta Revolucionária do Dr Atkins, que foi o meu primeiro contato com a existência low carb.


A Chia Emagrece Mesmo?

Procuro utilizar o mínimo possível, perto com café. Assim como bastante usada na indústria das bebidas e alimentos light/diet, é um dos adoçantes mais antigos utilizados, com mais de 100 anos. Nesse tempo todo não apresentaram-se provas de que o consumo da sacarina seja perigoso à saúde. A sacarina assim como é usada nos adoçantes mais baratos do mercado, observe e vai enxergar que geralmente em cafeterias e restaurantes a sacarina é a opção de adoçante mais oferecida.


10 Erros Numa Dieta Saudável

Normalmente associado com a sacarina nos adoçantes mais baratos encontrados no mercado, assim como usado em refrigerantes zero/light. Um estudo em ratos com doses exageradas (equivalente a 350 latas de refri zero por dia) levou ao desenvolvimento de câncer de bexiga nos ratos. É o único dos adoçantes não calóricos que é natural. Estudos mostraram que a Stévia inclusive pode agir de modo benéfica baixando a pressão em hipertensos e o nível do açúcar no sangue em diabéticos. A dificuldade é o sabor da stévia, que é muito fraco.


Entretanto isso é só o que eu e muita gente localiza. O ideal é a toda a hora testar, visto que a stévia parece ser a opção de adoçante mais segura. Se você pensa em aderir a stévia por ela ser uma substância natural, leia com atenção os rótulos das marcas à venda no mercado, muitas são stévia pura mas outras são misturas com outros adoçantes mais baratos. Bem como na adição de maltodextrina carecemos impossibilitar o consumo de gelatinas e sucos diet que contenham essa substância. Onde moro é comercializada só uma marca sem maltodextrina, a Lowçucar.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *